| RUNAWAY |

11:43 Beatriz Baptista 2 Comments


Kanye West, um nome que hoje em dia praticamente todos conhecemos, desde as intrigas com Taylor Swift, ao relacionamento com Kim Kardashian, até ao último incidente nos VMAS de 2015 onde anunciou que se iria candidatar à presidência dos Estados Unidos em 2020, apesar destes acontecimentos todos, sempre me fascinou, não só pelas suas músicas como pela sua parte gráfica que podemos ver nos seus videoclips, concertos e até pela maneira como se veste.



Muitos odeiam-no por estar sempre envolvido em escândalos mas na minha opinião o mundo do espetáculo é algo que só quem o vive o entende, o objetivo é tentar vender o máximo possível, chegar ao máximo de pessoas possíveis e in- ou felizmente são poucos os artistas que conseguem ter um momento de fama e mantê-lo durante 1, 2, 3 anos apenas pela sua qualidade, e a culpa não é deles mas sim da sociedade que gosta de confusões, a diferença está nos que optam por tentar agradá-la ou não, apesar de isso ser uma discussão muito maior e não ser o que me traz cá hoje!

Hoje quero falar desta curta metragem que para mim é uma verdadeira obra de arte: a história, as cores, as imagens, a componente gráfica acho maravilhosa!

(Pfv vejam em ecrã total!)




Segundo a minha pesquisa a história foi idealizada pelo Kanye, a "Fenix" é a Selita Ebanks, foi escrito por Hype Williams, a direção de arte foi pela Vanessa Beecroft, produzido por Jonathan Lia, os costume designers foram Phillip Lim e Martin Izquierdo, a cinematografia foi pelo Kyle Kibbe e editado pelo Derek Lee e Peter Johnson.

Aposto que a maioria de vocês saltou esta parte anterior porque ninguém conhece estes nomes mas acho que devem ser referidos pois o trabalho final foi excelente e uma produção destas requer muitas pessoas e muito trabalho!


Gostaram? Espero que sim ! Se não perceberam ou ficaram com alguma dúvida aqui têm uma boa review em inglês que explica tudo: hiphopsite. xx


| Beatriz Baptista |



2 comentários: