| READINGS |

04:43 Beatriz Baptista 2 Comments


Como sabem ando na escolinha e para este 3o período a minha professora de português quis que escolhessemos um livro do Plano Nacional de Leitura (lá tive que pôr de lado o "Convergente") e escolhi "O Perfume" - Histórias de um Assassino. 



A história passa-se no séc. XVIII, em Paris, e retrata a vida de Jean-Baptiste Grenouille, um artesão especializado no ofício de perfumista, com um olfacto demasiado apurado. Criar o perfume perfeito é o seu objetivo e nessa busca nada o irá deter, nem os mais de 25 assassinatos, que para os mais sensíveis, podem ser considerados hediondos. É um clássico do séc XX e em 2006 foi transformado numa longa metragem.




Na minha opinião, o livro desiludiu-me um bocadinho... Pensava que ia ser mais misterioso, que me ia prender, mas não. São páginas e páginas de descrições de casas, de pessoas, de acontecimentos, divaga muito e quando chega à parte do assassinato, é como se fosse batatas, não ocupando mais de 2 parágrafos, o que para mim, seria a parte a explorar mais. 

Apesar de pequeno e saltando algumas páginas, demorei bastante tempo a lê-lo, a escrita é massuda, muitos pormenores, e momentos de grande dispersão.

Mesmo assim aconselho-o pois acaba por ser interessante o facto de colocarem-nos dentro da cabeça de um psicopata, louco por cheiros, fazendo-nos quase achar justificável os meios que Grenouille utiliza para chegar aos seus fins. 

Conheço pessoas que amaram, outras que não, há quem tenha ficado chocado com os assassinatos, eu por acaso estava à espera de pior...
Gostos são gostos e acho mesmo que devem experimentar, já para não falar do facto de fazer parte do plano nacional de leitura!



Já conheciam? Dêem a vossa opinião ou aconselhem outro livro ! xx


| Beatriz Baptista |



2 comentários: